sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Polícia fecha fábrica de Jukeboxes em Maringá


Policiais civis de Maringá em conjunto com a a APCM - Associação Antipirataria Cinema e Música – fizeram hoje a tarde, uma megaoperação de combate à pirataria. Um mandado de busca e apreensão foi cumprindo em um fábrica de máquinas jukeboxes, aparelho eletrônico utilizado em bares e lanchonetes que toca músicas escolhidas pelo cliente. Até o final da tarde, mais de 40 máquinas tinham sido apreendidas. As investigações começaram após a realização de uma denúncia anônima. As máquinas eram fabricadas, vendidas e alugadas para todo o país. Os comerciantes que não possuem autorização para terem jukebox e os fabricantes da máquina, estão cometendo crime de violação de direitos autorais. O crime prevê multa e prisão de dois a quatro anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário