quarta-feira, 22 de junho de 2011

Belo presente


Na semana que passou, completei mais um ano de vida. A festinha foi familiar, mas muito boa. Ganhei um pica-pau de pelúcia do Bulga (além de uma caixa de Devassa), um porta goró do Bola e uma jaquetona 'top' dos meus pais. Todos, muito especiais porque vieram de pessoas que moram no meu coração. Da minha sogra, também veio um belíssimo presente. O livro que conta a história de um dos meus grandes amigos que fiz nos tempos da Cultura AM. O Padre Chiquinho. Cheguei a apresentar um programa antes do que ele fazia diariamente às 18 horas. Era muito bom quando ele chegava no estúdio. Alegrava o ambiente. Contagiava a todos com o belo sorriso totalmente do bem e muito sincero. Bons tempos!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário